Criando a vaca perfeita do futuro

Criando a vaca perfeita do futuro

21 de maio, 2021

Na próxima vez que você olhar o seu lote de vacas jovens, pegue uma caneta e uma folha de papel e anote os animais que você acha que ainda estará ordenhando nos próximos anos. Como são estes animais? Quais características você gosta neles? Provavelmente, eles estão saudáveis, tem uma boa reprodução e um bom desempenho na sala de ordenha. Mas, como você faz para que todo o seu rebanho seja assim? Como você cria a vaca perfeita?

Durante a Conferência dos Produtores de Leite Profissionais de Wisconsin 2021, três geneticistas de gado de leite falaram sobre como a tecnologia, as demandas dos consumidores e as preferências pessoais afetarão as decisões de criação hoje e também nos próximos anos.

Preferências pessoais

Ao longo dos anos, a genética do gado leiteiro foi orientada por metas de produção de leite e padrões de classificação das associações de raças. Isto, por sua vez, nos levou à vaca que ordenhamos atualmente. No entanto, a vaca de hoje pode não ser a vaca que você deseja ordenhar no futuro. Conforme os padrões mudam e a tecnologia melhora, sua vaca ideal pode parecer muito diferente ao longo do tempo – e pode não ser a mesma do seu vizinho.

“A vaca perfeita é algo subjetivo”, diz Juan Tricarico, vice-presidente de pesquisa para sustentabilidade da Dairy Management Inc. “Todo mundo tem uma perspectiva diferente que precisa ser respeitada porque, obviamente, tem valor do seu ponto de vista. No entanto, existem elementos sobre a vaca perfeita que são comuns entre muitos de nós.”

Alguns desses elementos incluem produção, características de saúde e características de fertilidade. No entanto, um produtor de leite que utiliza robôs pode tomar decisões de acasalamento muito diferentes de um produtor que tenha um sistema de ordenha em carrossel.

“A seleção genética é extremamente importante porque é o processo pelo qual nós, como produtores de leite, criamos a próxima geração de vacas que estaremos ordenhando no futuro”, diz Tricarico. “Cada produtor precisa se perguntar: 'Quais são as características específicas que eu gostaria de ver? Qual é a aparência da minha vaca perfeita?' Pois, isso varia de rebanho para rebanho."

Afunilando as escolhas

Avaliar diferentes possibilidades de acasalamento pode ser confuso, a medida que você procura descobrir quais características específicas você precisa melhorar. Steve Berland, cofundador da GenElite LLC., sugere restringir essas características ao básico e descobrir quais delas beneficiam mais sua operação.

“A vaca perfeita deve produzir leite, ter mobilidade suficiente e um úbere fortemente aderido, com posicionamento e comprimento desejáveis ​​de teto”, diz Berland. “Ela precisa ser saudável, com um sistema imunológico forte, ter bons pés e precisa reproduzir com eficiência, ter um temperamento tranquilo e ser ordenhada com facilidade e rapidez.”

Todavia, apesar de todos esses fatores dependerem de uma boa gestão do rebanho, existem fatores que os produtores não podem controlar, observa ele. 

“A maneira como as vacas são manejadas tem um impacto”, diz Berland. “Costumávamos usar características de produção e de tipo, por muito tempo isso era praticamente tudo o que tínhamos. Não tínhamos todas as informações sobre características de saúde que temos agora. Como descobrimos maneiras de medir essas características, agora sabemos que elas são importantes para a lucratividade em uma fazenda de gado leiteiro. Continuamos produzindo informações que podemos usar para progredir no sentido de criar a vaca perfeita.”

Embora a vaca perfeita do futuro possa parecer diferente da vaca que você está ordenhando hoje, é provável que os produtores tenderão a ordenhar uma vaca ainda mais eficiente nos próximos anos. 

John Schefers, gerente do programa de fêmeas da PEAK Genetics, diz que muitas pessoas olham para a "eficiência" em termos de uma vaca que converte alimentos em leite de maneira eficiente. “Minha vaca perfeita do futuro terá alta produção e sólidos, não precisará de antibióticos ou tratamentos e entrará no lote de ordenha bem cedo.”

Elementos de sustentabilidade

De acordo com Tricarico, é necessário colocar alguma ênfase nas características que preocupam laticínios, comerciantes e consumidores. “Nossos clientes estão pedindo mais atributos no leite que compram, por isso precisamos ter essa conversa com eles e ouvir suas preocupações”, acrescenta. 

Alguns exemplos disso incluem genética de gado mocho. “As tendências mostram um grande mercado para a genética de gado mocho homozigoto na Alemanha, o que provavelmente levará a mais ênfase em genética mocha nos Estados Unidos”, diz Berland. “[Os produtores de leite na Europa] têm regulamentações ambientais para fósforo e cotas para a quantidade de dejetos que podem produzir. Acho que vamos começar a ver um êxodo de lugares como a Holanda e até mesmo a Califórnia para áreas mais favoráveis ​​à pecuária de leite.”

Schefers concorda com esta afirmação, acrescentando que os produtores podem começar a se mudar no futuro, à medida que os requerimentos ambientais se tornem mais rígidos. “Vejam a Dakota do Sul. Eles estão crescendo rapidamente devido às regulamentações e licenças ambientais. No futuro, acho que veremos uma mudança não apenas na vaca do amanhã, mas também onde ela vai morar”, diz ele.

Tomando sua decisão

No final das contas, criar a vaca perfeita de amanhã começa hoje. É importante ter um plano que incorpore tendências futuras, pesquisas atuais e também suas preferências pessoais. Além disso, é importante considerar outros fatores que podem impactar você no futuro.

“Pense em como você é pago pelo seu leite e por que as vacas deixam o rebanho”, acrescenta Schefers. "Eu acho que se você usar essas duas coisas como base, você se preparará para o sucesso no futuro e terá um rebanho de vacas que você realmente vai adorar."

 

Fonte: Dairy Herd Management

Escrito por: Taylor Leach

Tradução: Equipe Canal do Leite

Disponível em: https://www.dairyherd.com/news/dairy-production/creating-perfect-cow-future

  • Por que o número de vacas Jersey vem aumentando na América do Norte?

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Por que o número de vacas Jersey vem aumentando na América do Norte?

  • Veronica continua mostrando porque é uma das maiores vacas Jersey de todos os tempos

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Veronica continua mostrando porque é uma das maiores vacas Jersey de todos os tempos

  • Importância da manutenção preventiva em sistemas de ordenha

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Importância da manutenção preventiva em sistemas de ordenha

Proluv
Top