Iogurte grego vs. Iogurte natural: quais as diferenças entre eles?

Iogurte grego vs. Iogurte natural: quais as diferenças entre eles?

08 de dezembro, 2022

O iogurte é um derivado lácteo que nos acompanha desde sempre. Há uma infinidade de iogurtes voltados para todos os tipos de público, com base no sabor ou em diversas necessidades, como dietas com baixo teor de gordura ou sem caseína (tipo de proteína presente no leite de vaca).

Para falarmos de iogurtes clássicos por excelência, temos de falar do iogurte natural e do iogurte grego, nas suas versões integral e desnatado. Ambos têm inúmeros benefícios para a saúde, mas são diferentes em termos de perfil nutricional e textura. Neste artigo, falaremos sobre a diferença entre esses dois lácteos e analisaremos qual dos dois é melhor para a saúde.

Iogurte, um marcador de qualidade da dieta

Nem todos os iogurtes são igualmente saudáveis. Pode parecer complicado não saber identificar qual tipo de iogurte vai ser o mais recomendado, mas o importante é evitar aqueles que são excessivamente açucarados ou que contenham aditivos ou aromatizantes. O iogurte deve ter uma lista de ingredientes bem simples: leite fermentado (vaca, cabra ou ovelha) com Lactobacillus bulgaricus e Steptococcus thermophilus.

É aqui que entram os iogurtes natural e grego. O estudo “Evidência Científica” sobre o papel do iogurte e outros leites fermentados na alimentação saudável da população espanhola, publicado na revista científica Nutrición Hospitalaria, insiste na importância do consumo de lácteos na rotina diária. Pois, "eles contêm proteínas de alto valor biológico e alta digestibilidade, gordura, carboidratos, vitaminas e minerais, especialmente cálcio e fósforo”.

Portanto, ter alguma educação nutricional é essencial para saber escolher um bom iogurte. Os açúcares adicionados podem promover o aparecimento de doenças cardiovasculares ou sobrepeso.

Nem tudo que brilha é ouro. Hoje, muitos dos iogurtes gregos vendidos nos supermercados contêm nata ou outros componentes e, neste artigo, explicaremos porque não é necessário incluir este ingrediente.

Diferenças entre iogurte grego e iogurte natural

Calorias

Sem ser a diferença mais significativa entre os dois produtos, o iogurte grego apresenta um teor calórico superior ao do iogurte natural. O iogurte grego fornece cerca de 80 calorias por 100 gramas, enquanto o iogurte natural, 56 calorias. Isso porque, para o preparo do iogurte grego, foi retirada grande parte do soro de leite (líquido obtido durante a coagulação do leite para a fabricação do queijo). Este processo, além de reduzir o volume total do iogurte, consegue combinar uma maior quantidade de nutrientes, minerais (cálcio e potássio) e vitaminas.

Gorduras e proteínas

Devido a este processo que acabámos de explicar, o teor de gordura e proteína do iogurte grego será sempre superior ao do iogurte natural. Mas, isto não quer dizer que o iogurte grego seja melhor ou pior do que o iogurte natural. Como já explicamos no Mundo Lácteo, vários estudos científicos mostram a importância de incluí-los no dia a dia.

Na hora de escolher um iogurte grego, é importante ler com atenção a lista de ingredientes, pois na grande maioria dos casos é comum encontrar ingredientes como amidos modificados, leite em pó, nata ou creme de leite, entre outros. Embora estes ingredientes proporcionem uma textura mais cremosa (algo que este produto já apresenta naturalmente graças ao seu processo de fabricação), não respeitam a receita tradicional deste produto lácteo, elaborado com leite de ovelha e culturas lácteas. O iogurte grego contém entre 6 e 11% de gordura, "mais que o triplo da gordura de um iogurte natural clássico sem açúcar".

Lactose

O iogurte grego, também conhecido como Straggisto ou Iogurte Coado, passa por um processo de filtragem que permite a retirada da maior parte do soro presente nele. Por esta razão, o iogurte grego pode ser consumido por pessoas com intolerância a este tipo de açúcar naturalmente presente no leite.

Um fato que pouca gente sabe é que o iogurte natural também pode fazer parte da dieta de pessoas com deficiência de lactase. A Organização Mundial de Gastroenterologia (WGO) explica que a fermentação do leite permite que pessoas com intolerância a esse açúcar digeram a lactose de forma mais eficaz, desde que não apareçam sintomas, como inchaço, náusea, gases, ruídos estomacais ou vômitos, entre outros.

Sabor e textura

Outra das principais diferenças significativas entre os dois iogurtes é a sua textura. O processo de retirada do soro permite dar maior espessura e cremosidade ao iogurte grego, por possuir maior quantidade de leite concentrado, enquanto o iogurte natural mantém uma textura mais firme. Quanto ao sabor, ambos os produtos, desde que não contenham nenhum tipo de açúcar, apresentam sabor levemente ácido e azedo.

Iogurte grego ou iogurte natural, qual é melhor?

Não podemos dizer que um iogurte é melhor ou pior que outro, pois ambos trazem inúmeros benefícios à saúde. O estudo “Além do valor nutricional do iogurte: um indicador da qualidade da dieta?” – elaborado por pesquisadores do Institut d'Investigació Sanitària Pere Virgili (IISPV), da Universitat Rovira i Virgili (Tarragona) e do Centro Biomédico en Red Fisiopatologia e Nutrição de Madrid (CIBEROBN) – explica que o consumo de iogurte está associado “a um padrão alimentar saudável” e os “consumidores de iogurte têm um perfil metabólico melhor em comparação com os não consumidores”.

A Federação Espanhola de Sociedades de Nutrição, Alimentação e Dietética (FESNAD) recomenda o consumo de 2 ou 3 porções de produtos lácteos por dia; 3 ou 4, no caso de mulheres grávidas ou lactantes. Uma porção de lácteos equivale a 2 iogurtes de 125 gramas, um copo de leite de 250 mililitros, 125 gramas de queijo fresco, 30 gramas de queijo meio semi-curado e 20 gramas de queijo curado.

Portanto, a escolha entre iogurte grego ou iogurte natural vai depender das necessidades de cada consumidor. No caso de pessoas com dietas vegetarianas, consumir iogurte grego de forma regular pode ser uma opção muito interessante, pois contém uma quantidade significativa de proteínas de alto valor biológico. Na tabela seguinte podemos verificar o perfil nutricional de ambos os iogurtes:

  IOGURTES     GREGO   NATURAL
Calorias (kcal) 79,7 56,0
Gordura (g) 5,0 2,9
Gordura saturada (g) 3,4 1,7
Carboidratos (g) 3,8 4,3
Açúcares (g) 3,8 4,3
Proteínas (g) 4,2 3,3
Sal (g) 0,09 0,12

Fontes: Casa Grande de Xanceda e Danone

 

Fonte: Mundo Lácteo

Disponível em: https://mundolacteo.es/yogur/diferencias-yogur-griego-y-yogur-natural

  • Etapas de higienização por sistema Clean in Place (CIP) e latão ao pé

    Gabriel Augusto Marques Rossi

    Médico Veterinário - Professor Dr. Unesp/Jaboticabal

    Etapas de higienização por sistema Clean in Place (CIP) e latão ao pé

  • EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

  • Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

Proluv
Top