ABRALEITE


Associação Brasileira dos Produtores de Leite

abraleite@abraleite.org.br

PUBLICAÇÕES

Os produtores de leite brasileiros agora tem alguém para defendê-los

17 de março, 2019

A ABRALEITE (Associação Brasileira dos Produtores de Leite) foi criada em 12 de julho de 2017, tendo portanto um ano e meio de funcionamento. Desde que foi criada, a entidade é a precursora dos movimentos e manifestações em prol da cadeia produtiva do leite no Brasil.

Mesmo com este pouquíssimo tempo de existência, trabalhando por sua consolidação, pelo crescimento de seu quadro associativo (milhares de produtores em todo o Brasil) e na construção de sua sede própria (que já está pronta e será inaugurada em breve), a associação conseguiu cobrar várias ações do Governo Federal em defesa do produtor de leite.

Já no Legislativo, a entidade propôs alguns projetos de leis (PLs) - e acompanha no sentido da tramitação - 20 projetos de lei tendo dois PLs já sancionados e que já viraram Leis, além de vários já tendo tramitado na Câmara e estando no Senado.

A ABRALEITE atuou firmemente em vários momentos. Como exemplos podemos citar: negociações coletivas de dívidas de produtores de leite (dez de 2017 e 1° semestre 2018), suspensão de importações de leite em pó do Uruguai (em outubro de 2017), proibição das renovações das instruções normativas do MAPA que permitiam reidratação e o re-envase de leite em pó no nordeste, pedido de investigação e autuação a indústrias que promoviam fraude econômica no leite UHT (por meio de adição de soro de leite), regulamentação de rotulagem de leite A2 (em andamento) e combate às propagandas agressivas ao leite e aos seus produtores (como foi o caso do "leite de coco do bem").

A ABRALEITE também atua na divulgação do leite e seus derivados como alimentos saudáveis para o ser humano, em todas as fases de sua vida, visando o aumento do consumo interno de leite e derivados lácteos, o qual se encontra estagnado há praticamente 5 anos. A entidade atuou ainda - de maneira muito forte e consistente - em diversas audiências públicas na greve dos caminhoneiros e, agora recentemente, em relação à renovação das tarifas antidumping contra o leite em pó da Comunidade Europeia e da Nova Zelândia.

Seis meses antes da criação da ABRALEITE, o grupo que se reuniu para iniciar os trabalhos de criação da associação identificou as deficiências do setor e a primeira destacada, dentre várias deficiências, foi a desunião da classe produtora de leite e das entidades que a representam.

Desta forma, a ABRALEITE prega - de maneira incondicional - a união da classe produtora de leite e das entidades representantes desta classe, sejam regionais ou nacionais.

A associação apoia todo e qualquer movimento que denote união dos produtores e manifestações que sejam objetivas, bem planejadas e que tenham propósitos alinhados com a defesa da classe produtora de leite e com a construção de políticas públicas para o setor leiteiro. Isto, aliás, é o que a ABRALEITE vem fazendo desde sua criação.

Graças ao trabalho consistente desta jovem associação que percorreu em mobilização (e continua percorrendo) todo o país, começamos a gerar uma união nunca vista desta classe produtora brasileira. Prova disso, são os milhares de associados que a entidade possui em todos os Estados da Federação e toda sua forte representação, contando inclusive com mais de 220 líderes em sua diretoria e seus conselhos. Estes líderes são em sua maioria presidentes de associações, cooperativas, sindicatos e de federações de agricultura.

A mensagem que passamos aos produtores que ainda não estão filiados à associação é que providenciem sua filiação. Lembrando que a ABRALEITE é a única entidade democrática, que permite a filiação de produtores numa categoria de “não contribuinte”; ou seja, mesmo aqueles que não tem condições podem e devem se filiar à entidade, aumentando assim cada dia mais a sua força e representatividade, para conseguir com esta união, melhorar esse cenário ruim da classe produtora de leite no Brasil.

É nítido e claro através das redes sociais, veículos de comunicação e também dos canais de TV do agro, como a ABRALEITE tem acesso ao executivo e ao legislativo por causa de sua seriedade, representatividade, trabalho persistente, perspicaz e respeito à cadeia do leite.

Desde sua criação, a ABRALEITE sempre foi muito respeitada por sua postura e forma de tratar os vários assuntos importantes que precisam ser resolvidos nos Ministérios e em outros órgãos do Governo Federal, bem como dos Governos Estaduais.

Temos ótimo relacionamento com a Frente Parlamentar da Agropecuária-FPA e com a atual ministra Tereza Cristina, tendo apoiado a sua nomeação ao Ministério da Agricultura. Temos, também, excelente relacionamento com todo o seu secretariado no MAPA.

A ABRALEITE é uma entidade séria e unicamente comprometida com a classe produtora de leite, que está cada dia mais forte e consolidada, com respeito da opinião pública, do executivo, do legislativo e da Imprensa. A ABRALEITE é a autêntica representante da classe produtora de leite brasileira.

Essa ainda jovem associação está promovendo a mudança do cenário do produtor de leite nacional, para que este tenha remuneração digna e o reconhecimento de seu valor para toda a sociedade nacional e internacional.

Produtores, empresas, entidades, técnicos e parceiros do setor da pecuária leiteira que queiram fazer parte da ABRALEITE serão todos muito bem vindos e poderão se manifestar através do e-mail institucional da entidade: abraleite@abraleite.org.br

 

Por Geraldo Borges, presidente da ABRALEITE

Proluv
Top