Após problemas na China, EUA se preparam para sediar a Cúpula Mundial dos Laticínios

Após problemas na China, EUA se preparam para sediar a Cúpula Mundial dos Laticínios

Em um momento em que as exportações de lácteos dos EUA estão aumentando, acaba de ser anunciado que a Cúpula Mundial dos Laticínios (World Dairy Summit) será realizada em Chicago, de 16 a 19 de outubro de 2023. Após três décadas, esta importante conferência global retorna aos Estados Unidos.

Fundada em 1903, a Federação Internacional de Laticínios (IDF) organiza uma reunião anual, denominada Cúpula Mundial dos Laticínios. A cada ano, o evento é sediado em um país membro da IDF ao redor do mundo. A China estava programada para sediar em 2023, mas - devido a problemas relacionados com a pandemia - a vaga de 2023 foi aberta com uma janela muito curta de tempo para o seu planejamento.

A vice-presidente de comércio da Federação Americana de Produtores de Leite  (NMPF) e do Conselho de Exportação de Lácteos dos EUA (USDEC), Shawna Morris, diz que tomar a frente e sediar o evento deixou o setor de lácteos nos EUA bastante entusiasmado.

“Os principais players [do setor] de laticínios aqui na América têm falado sobre fazer isso por um bom tempo, mas a fila para entrar e poder fazer uma oferta para sediar é de vários anos”, compartilha Morris. “Conseguimos adesão e garantimos o apoio de todas as principais organizações de laticínios [do país], que atuam nesse espaço, e assumimos o compromisso de avançar de modo que os EUA sejam a sede no próximo ano.”

Nick Gardner, presidente da U.S. International Dairy Federation e vice-presidente sênior de sustentabilidade e assuntos multilaterais do USDEC, diz que esta é uma grande oportunidade para a pecuária de leite americana.

“Trazer todos para os Estados Unidos cria uma oportunidade de levar as pessoas para visitar nossas instalações, para levá-las às fazendas, para realmente mostrar ao resto da indústria global de laticínios o que é a indústria de laticínios dos EUA”, diz Gardner.

Ele acrescenta que esta cúpula global reúne os principais especialistas de todo o mundo, bem como milhares de diferentes pessoas interessadas em laticínios em um só lugar. O programa refletirá a diversidade dessa importante indústria global. “A programação tem foco na inovação na pecuária leiteira e na produção e processamento de lácteos, até assuntos para as pessoas realmente voltadas aos tópicos científicos ou técnicos, como métodos de análise, resíduos e contaminantes químicos”, diz Gardner.

“Para as pessoas que trabalham mais no lado político, é também uma grande oportunidade para explorar alguns dos grandes desafios políticos que o setor está enfrentando globalmente e, potencialmente, dificultando as exportações de lácteos de países como os Estados Unidos. É uma ótima chance de fazer networking.”

Para mais informações sobre a Cúpula Mundial dos Laticínios, clique aqui.

 

Fonte: Dairy Herd Management

Traduzido e adaptado pelo Canal do Leite

  • Etapas de higienização por sistema Clean in Place (CIP) e latão ao pé

    Gabriel Augusto Marques Rossi

    Médico Veterinário - Professor Dr. Unesp/Jaboticabal

    Etapas de higienização por sistema Clean in Place (CIP) e latão ao pé

  • EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

  • Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

Proluv
Top