A venda de bezerros para corte e descarte de vacas para abate e seu impacto na rentabilidade da atividade

A venda de bezerros para corte e descarte de vacas para abate e seu impacto na rentabilidade da atividade

31 de agosto, 2021

Os altos custos de produção têm pressionado as margens da pecuária leiteira, principalmente no que diz respeito às despesas com a alimentação do rebanho. Esta situação foi agravada pela seca, que atingiu importantes regiões produtores no Brasil e diminuiu a oferta de pastagens, aumentando a necessidade de suplementação do rebanho.

Nesse cenário, houve queda expressiva na produção brasileira de leite (matéria-prima). De acordo com o Índice de Captação de Leite da Scot Consultoria, na média nacional, o volume captado em junho/21 foi 2,5% menor que em maio/21, o menor volume registrado desde julho de 2013. Em julho/21, o volume foi 2,8% menor em relação ao mesmo mês de 2020.

Confirmando esse quadro, a Pesquisa Trimestral do Leite (IBGE) revelou que - no 2º trimestre deste ano - a captação de leite caiu 11,5% frente ao trimestre anterior e 1,2% frente ao 2º trimestre de 2020. Desta forma, o preço do leite pago ao produtor (média nacional ponderada) subiu 12,8% nos últimos quatro pagamentos e, na comparação anual, o preço pago em julho foi 37,2% maior este ano.

Apesar desses aumentos, os produtores de leite enfrentam dificuldades para manter a rentabilidade do negócio, em face da forte elevação dos custos de produção. Assim, os investimentos na atividade têm diminuído, o que - juntamente com as altas no mercado de gado de corte - estimula o descarte de vacas leiteiras para abate, além da venda de bezerros, ajudando a melhorar a composição dos resultados da pecuária de leite.

Simulação

A Scot Consultoria calcula anualmente as rentabilidades médias das atividades agropecuárias e de outras opções de investimento de capital. Nestes cálculos, são utilizados modelos econômicos que levam em consideração fatores estimados para cada negócio agropecuário, conforme o nível tecnológico. 

Para a pecuária de leite de alta tecnologia (25 mil litros/ha/ano), em 2020, a rentabilidade média da atividade foi de 1,99%. Já, para os sistemas com produtividade média de 4,5 mil litros/ha/ano (baixa tecnologia), a rentabilidade foi negativa em 6,14%, sendo que 2020 foi o nono ano consecutivo de prejuízo.

A partir disso, a Scot Consultoria estimou qual o impacto da venda de bezerros na produção leiteira em 2021, comparando um cenário com a venda de animais e outro sem. Nos cálculos, utilizou-se estimativas de custos para uma propriedade com atividade leiteira de média a alta tecnologia, com produção de cerca de 1.400 litros de leite por dia (25 mil litros/ha/ano), localizada no estado de São Paulo.

Para 2021, considerando os preços do leite pago ao produtor e os custos de produção médios no primeiro semestre, a rentabilidade média dos sistemas de alta tecnologia está estimada em 0,99%. Este resultado considera, além da venda do leite, o descarte de vacas para o abate e a comercialização de animais menos erados, que nos modelos representaram 8,5% da receita total da atividade.

Se excluirmos o faturamento com a venda dos animais, o resultado estimado é de rentabilidade negativa de 3,6%. Ou seja, o descarte de vacas para abate e a comercialização de animais mais jovens são fundamentais para a saúde financeira da produção leiteira.         

Com os custos de produção em patamares elevados, cabe ao produtor priorizar a gestão financeira da propriedade, bem como o planejamento da atividade, com relação à compra de insumos, por exemplo.

Outro ponto importante é o uso de tecnologia e aumento da produtividade e qualidade do leite. É notável que os produtores que vêm investindo em produções tecnificadas têm tido melhores resultados, pois as bonificações obtidas pela qualidade e volume produzido de leite garantem uma melhor rentabilidade e, com isso, investimentos e a sobrevivência na atividade.

 

Fonte: Scot Consultoria

Disponível: www.scotconsultoria.com.br/noticias/cartas/54522/carta-leite---a-venda-de-bezerros-para-corte-e-descarte-de-vacas-para-abate-e-seu-impacto-na-rentabilidade-da-atividade.htm

 

  • Por que o número de vacas Jersey vem aumentando na América do Norte?

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Por que o número de vacas Jersey vem aumentando na América do Norte?

  • Veronica continua mostrando porque é uma das maiores vacas Jersey de todos os tempos

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Veronica continua mostrando porque é uma das maiores vacas Jersey de todos os tempos

  • Importância da manutenção preventiva em sistemas de ordenha

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Importância da manutenção preventiva em sistemas de ordenha

Proluv
Top