EUA: Demanda de laticínios voltando aos padrões pré-pandemia

EUA: Demanda de laticínios voltando aos padrões pré-pandemia

06 de abril, 2021

A pandemia de coronavírus devastou o setor de serviços alimentícios, que normalmente movimenta quase metade de todos os produtos lácteos [nos Estados Unidos], mas as vendas dos restaurantes começaram a aumentar e parece que uma recuperação total pode não estar tão distante. Betty Berning, analista do Daily Dairy Report, diz que os padrões de demanda dos laticínios já começaram a mudar.

De acordo com a revista Fortune, 110.000 restaurantes fecharam nos EUA no ano passado e 2,5 milhões de trabalhadores do setor de alimentação perderam seus empregos.

“Há um ano, o mundo fechou”, lembra Berning. “Restaurantes, salões e até igrejas foram fechados em muitos lugares, tudo devido à Covid-19. A rápida propagação do vírus e o longo fluxo de mortes que se seguiram alarmaram os líderes mundiais, que responderam da melhor forma que puderam, pedindo às pessoas que fizessem quarentena o máximo possível.”

Uma pesquisa em andamento com 1.000 consumidores, conduzida pela National Restaurant Association desde fevereiro de 2020, mostra que - antes da pandemia - 59% dos entrevistados saíam para jantar pelo menos uma vez por semana. No auge dos lockdowns, este número caiu para 16%. Em fevereiro e março de 2021, no entanto, 37% dos entrevistados estavam comendo fora todas as semanas.

“Esse é o número mais alto desde o início da pandemia”, observa Berning. “Parece que, à medida que as vacinas se tornam mais prevalentes, os consumidores estão mais dispostos a comer fora.” Além disso, Berning observa que as reservas de jantar feitas por meio [da plataforma] Open Table caíram quase 100% no início do lockdown, em comparação com 2019. “Embora as reservas da semana passada ainda fossem menores do que em 2019, elas melhoraram significativamente, estando apenas 30% abaixo, e as reservas têm aumentado constantemente desde janeiro”, observa ela.

À medida que mais pessoas são vacinadas e voltam aos velhos hábitos de comer fora e a economia americana melhora, a mudança na demanda por laticínios se tornará ainda mais evidente, disse Berning. Em março, os fabricantes de queijo e manteiga viram as vendas [nos canais] de serviços alimentícios se fortalecerem, com produtores de manteiga dizendo que os níveis de pedidos estavam se aproximando dos níveis anteriores à Covid, de acordo com o Dairy Market News do USDA [Departamento de Agricultura dos Estados Unidos].

Ao mesmo tempo, as vendas de queijo no varejo têm se mantido estáveis ​​e a demanda por manteiga no varejo tem sido forte devido às vendas de Páscoa e promoções dos mercados, acrescenta ela.

“É possível que a forte demanda de lácteos no varejo, experimentada durante a pandemia, possa diminuir à medida que os serviços de alimentação se recuperam e os consumidores trocam comer em casa por jantar fora”, observa Berning. “Isso pode significar um aumento nas vendas de queijos de estilo italiano - normalmente consumidos com mais frequência fora de casa - enquanto a demanda por blocos, fatias e pacotes de cheddar desfiado no varejo pode diminuir.”

Outro sinal de que os padrões de demanda por laticínios começaram a voltar ao normal é que os fabricantes de concentrado de proteína de soro de leite (WPC*) têm produzido menos WPC 34 e mais WPC 80 e Isolados de Proteína de Soro de Leite.

Tanto o WPC 80 quanto os Isolados de Proteína de Soro são usados ​​na nutrição esportiva e, agora que as academias foram reabertas, a demanda por esses produtos também está crescendo. “À medida que mais escolas e faculdades retomam o aprendizado presencial, a demanda por embalagens de leite também aumentará”, acrescenta ela.

 

Nota:

*WPC e WPI - Proteínas Concentradas e Isoladas do Soro de Leite: São obtidas pela remoção de quantidade suficiente de constituintes não proteicos do soro de leite pasteurizado, de modo que o produto acabado em pó contenha teor de proteína não inferior a 34% (WPC 34), 80% (WPC 80) e 90% (WPI 90).

 

Fonte: Dairy Herd Management

Tradução: Equipe Canal do Leite

Disponível em: www.dairyherd.com/news/business/dairy-demand-shifting-back-pre-covid-patterns

Foto: Noel Hendrickson | Getty Images

  • EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

  • Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

  • Qual devo escolher: Transferidor ou Canalizada?

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Qual devo escolher: Transferidor ou Canalizada?

Proluv
Top