Dezembro tem queda na inflação de custos do leite, mas a do ano foi recorde

Dezembro tem queda na inflação de custos do leite, mas a do ano foi recorde

24 de janeiro, 2022

O ICPLeite/Embrapa (Índice de Custos de Produção do Leite) do último mês do ano de 2021 apresentou uma forte desaceleração em relação aos valores observados em novembro e outubro de 2021. O índice acumulado do ano de 2021, no entanto, atingiu 25,3%, que é o maior registro da série histórica anual, iniciada em 2007, suplantando o antigo recorde de 2020, 24,6%.

O ano foi ainda marcado por forte variação entre os diferentes grupos de custos que compõem o ICPLeite/Embrapa, confirmando o quadro de instabilidade de preço e oferta de produtos e serviços presente desde o início da pandemia da Covid 19. Enquanto o grupo "Mão de obra" oscilou apenas 2,5% no ano e "Sanidade", 9,7%, o grupo "Minerais" acumulou alta de 46,7% em 2021 e "Volumoso", 73,1%, num intervalo de doze meses.

Forte Desaceleração no último Trimestre

A variação da escalada de preços de insumos e serviços teve forte desaceleração contínua nos últimos três meses do ano (Tabela 01)

A Tabela 02 mostra que, no mês de dezembro, dentre os sete grupos de custos de produção de leite que compõem o ICPLeite/Embrapa, as maiores variações positivas foram observadas nos grupos "Volumoso" (2,2%) e "Sanidade" (0,7%). Variações negativas acentuadas ocorreram nos grupos "Qualidade do leite" (-7,9%) e "Energia e combustível" (- 0,3%). Dos sete grupos, cinco apresentaram queda na taxa de inflação em relação ao mês anterior.

O ICPLeite/Embrapa registrou em dezembro de 2021, o segundo menor valor dos últimos doze meses (0,4%), só perdendo para julho de 2021 (0,3%). O índice acumulado em 12 meses atingiu valores crescentes em 2021 até atingir o pico de 39,7%. A partir de setembro, houve decréscimo deste índice que atingiu 25,3% em dezembro. Este valor, embora inferior aos observados nos meses anteriores, foi o maior para o fechamento do ano, configurando, assim, em recorde histórico anual.

Os maiores contribuintes para o aumento do ICPLeite/Embrapa no acumulado em 12 meses foram: "Volumoso", com 73,1% de variação e "Minerais" com 46,7%. O grupo "Concentrado", que acumulou alta de 54,5% no ano de 2020, desacelerou para 17,1% em 2021.

O grupo "Volumoso" apresentou aumentos expressivos e progressivos durante o ano de 2021, atingindo 9,5% em um único mês, em outubro de 2021, e 75,4% nos doze meses encerrados em novembro de 2021.

O ICPLeite/Embrapa acumulado em 2021, 25,3%, é o maior da série histórica iniciada em 2007. Suplantou 24,6% observados em 2020, que também havia sido o maior registro até então, superando os 22,6% de 2012.

 

Fonte: ICPLeite/Embrapa - Dezembro de 2021

  • EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    EUA: Jersey bate todos os recordes de produção mais uma vez

  • Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Velocidade de ordenha e lesões nos tetos

  • Qual devo escolher: Transferidor ou Canalizada?

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Qual devo escolher: Transferidor ou Canalizada?

Proluv
Top