Estudo de mastite ganha destaque no mundo

Estudo de mastite ganha destaque no mundo

14 de julho, 2021

Um projeto desenvolvido em Arapoti, Norte do Paraná, venceu uma competição internacional com participantes de 140 países. O trabalho da mestre em agronomia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Jéssica Quirino Silva, tratou sobre o diagnóstico precoce de mastite em bovinos.

O projeto premiado foi implantado na Fazenda Lagoa Dourada, pertencente ao casal de produtores de leite Nico e Ellens Biersteker. O estudo buscou detectar de maneira precoce a ocorrência de mastite em vacas leiteiras, com o objetivo de reduzir o uso de antibióticos e os possíveis impactos ambientais do descarte do leite com resíduos do medicamento. Com a pesquisa, o consumidor terá acesso a um produto de melhor qualidade e os produtores podem dispor de uma forma mais sustentável para o tratamento da mastite. 

“A pesquisa contribui para várias fazendas com a redução do uso de antibióticos, por meio de uma produção mais sustentável. Pensar em sustentabilidade é pensar no macro, em fazer o bem, contribuir para o produtor e a sociedade”, comemorou Jéssica. 

A tecnologia alvo do projeto já é utilizada há algum tempo na propriedade e o projeto pôde medir os resultados que proporciona. Nos 200 hectares da fazenda, são alojadas mais de 350 vacas Jersey, em sistema de confinamento e com ordenha por robôs. O controle de mastite nos animais é feito por meio do chamado laboratório On Farm. Neste sistema, as amostras de leite das vacas doentes são colocadas em análise para se identificar exatamente que tipo de mastite elas contem. Em 24 horas, o resultado sai e, com isto, é possível saber com exatidão o medicamento mais adequado para cada caso. 

Com isso, muitas vezes descobre-se que não é necessário nem mesmo usar antibiótico. "Acabamos optando por produtos mais amigáveis com o meio ambiente e que aumenta o bem-estar dos animais”, ressaltou Biersteker. “Não é tanto o fato de economizar, mas ser mais assertivo na cura. E, claro, isso também reflete numa redução nos nossos custos”, completou. 

O prêmio em questão é o Planet of Plenty Awards, premiação global da empresa Alltech, que reconhece iniciativas que “promovem um planeta mais abundante”.

 

Fonte : Agrolink

  • SHELLY: a primeira vaca Jersey a ultrapassar as 400 mil libras de leite

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    SHELLY: a primeira vaca Jersey a ultrapassar as 400 mil libras de leite

  • CCS e CPP: o que essas contagens mostram quanto à qualidade do leite cru?

    Gabriel Augusto Marques Rossi

    Médico Veterinário - Professor Dr. Unesp/Jaboticabal

    CCS e CPP: o que essas contagens mostram quanto à qualidade do leite cru?

  • A terceirização dos serviços de colheita do milho para silagem

    João Ricardo Alves Pereira

    Zootecnista, Doutor em Nutrição Animal e Pastagens

    A terceirização dos serviços de colheita do milho para silagem

Proluv
Top