ExpoFrísia apresenta novidades da genética pecuária

ExpoFrísia apresenta novidades da genética pecuária

22 de abril, 2019

Para fomentar o setor de agropecuária, que de acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) deve crescer 3,5% em 2019, o Parque Histórico de Carambeí (PR) receberá mais uma edição da ExpoFrísia na próxima semana. Gratuita e aberta ao público, a feira apresenta novidades e tecnologias para o segmento, além de movimentar os negócios de sêmen e matrizes.

Dos dias 25 a 27 de abril os mais de quatro mil participantes esperados poderão conferir julgamento e exposição de mais de 230 animais e palestras sobre pecuária de leite e pecuária de suínos.

Tradicionalmente, a ExpoFrísia realiza atividades como o Clube de Bezerras, em que as gerações de futuros produtores expõem animais sob a coordenação do setor de Pecuária Leiteira da Frísia. O Clube atende filhos de cooperados e de colaboradores de propriedades que aprendem desde cedo como cuidar dos animais. Outra atração é a Copa dos Apresentadores, em que participantes das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, divididos em três categorias, têm o desempenho avaliado.

 Entre as atrações da feira também está a apresentação do 6º Catálogo de Touros da Intercooperação, com 76 animais das raças Holandês (variedades Preto e Branco e Vermelho e Branco) e Jersey.

Apresentado desde 2014, o catálogo de touros é uma forma do associado da Frísia ter acesso a uma seleção criteriosa, feita pelos técnicos da cooperativa, com um refino genético bovino. O sêmen dos animais é dos Estados Unidos e Canadá.

“A genética desses touros está melhor que a da edição passada, já que há uma natural evolução com o tempo. O catálogo terá 54 touros da variedade Holandês Preto e Branco, 18 Jersey e quatro na Holandês Vermelho e Branco”, explica Michael Warkentin, zootecnista da Frísia e responsável pelo catálogo. A presença dos touros Vermelho e Branco é uma novidade.

Michael Warkentin conta que a Frísia tem um estudo com a Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH) em que foi verificada a importância do Catálogo de Touros da Intercooperação. Os cooperados que adquiriram sêmen do catálogo para os seus animais tiveram melhora na produção de leite, na vida produtiva, qualidade nos úberes e nas pernas e pés, além do ganho em sólidos como gordura e proteína. Fato que agrega valor ao produto final (leite). “A genética exposta no catálogo da intercooperação deu um aumento significativo de produção e na média da região”, explica.

Produção Leiteira

Para os representantes da Frísia, a evolução genética bovina é um dos motivos para o crescimento do setor na região. Carambeí é um dos municípios que mais registraram crescimento no Valor de Produção Pecuária Leiteira nos Campos Gerais do Paraná, alcançando 973,5% entre os anos de 2000 e 2017.

Os dados de valor de produção pecuária foram divulgados no boletim do Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas (Nerepp) intitulado “Evolução do valor de produção pecuária de origem animal nos Campos Gerais”. O estudo é baseado nas informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e apresentado pelo doutor Alysson Luiz Stege, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Unium

A Frísia foi fundada em 1925 e é a cooperativa mais antiga do Paraná e segunda do Brasil. Tem sua produção voltada ao leite, carne e grãos, principalmente, trigo, soja e milho. Durante o evento, os visitantes também poderão conferir o modelo cooperativista da região, representado pela Unium, marca institucional das cooperativas Frísia, Castrolanda, Capal.

"É mais uma oportunidade para apresentar nosso modelo de negócio e nossas marcas. Um ambiente ideal para parcerias e novos negócios", comenta o gerente de marketing da Unium, Cracios Consul. A Unium estará presente com estandes das suas marcas de varejo, Alegra, Herança holandesa, Naturalle e Colônia Holandesa.

Com faturamento de R$ 2,5 bilhões e mais de R$ 800 milhões em investimento, a Unium processa 3 milhões de litros de leite por dia, produz 120 mil toneladas de carne suína anualmente e tem 115 mil toneladas de grãos de trigo moídos por ano. Atualmente, com cinco unidades industriais, já exporta seus produtos para mais de 30 países.

Programação ExpoFrísia 2019

25 de abril (quinta-feira)
15h às 18h – Julgamento da Raça Holandês Vermelho e Branco e Gado Jovem
18h – Solenidade de Abertura
19h – Clube de Bezerras

26 de abril (sexta-feira)
8h30 às 12h – Palestra sobre Pecuária de Leite
13h às 15h – Palestra sobre Pecuária de Suínos
15h às 18h – Julgamento da Raça Holandês Preto e Branco e Gado Jovem
18h às 20h – Julgamento da Raça Holandês Vermelho e Branco e Gado Adulto

27 de abril (sábado)
10h30 às 12h30 – Copa dos Apresentadores
14h às 17h30 – Julgamento da Raça Holandês Preto e Branco e Gado Adulto
17h30 – Premiação dos Produtores-destaque
18h30 – Solenidade de encerramento

 

Fonte: por Millena Sartori - Jornal Diário dos Campos

LInk: https://www.diariodoscampos.com.br/noticia/expofrisia-apresenta-novidades-da-genetica-pecuaria

  • HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

  • Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

    Victor Breno Pedrosa

    Zootecnista, Prof. Dr. de Melhoramento Animal e Estatística

    Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

  • A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

    João Ricardo Alves Pereira

    Zootecnista, Doutor em Nutrição Animal e Pastagens

    A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

Proluv
Top