OCDE-FAO: Produção global de leite em trajetória de crescimento mais rápido

OCDE-FAO: Produção global de leite em trajetória de crescimento mais rápido

29 de setembro, 2020

A produção global de leite está aumentando mais rápido e deve crescer 1,6% ao ano nos próximos 10 anos, atingindo 997 milhões de toneladas em 2029.

De acordo com o Outlook Agricultural 2020-2029 da OCDE-FAO, isso é mais rápido do que a maioria das outras principais commodities agrícolas. O relatório afirmou que, embora o crescimento médio mundial dos rebanhos (0,8% a.a.) seja maior do que o crescimento da produtividade média mundial (0,7%), as médias variáveis são o resultado de rebanhos crescendo mais rápido em países com rendimentos relativamente baixos. Na maioria das regiões do mundo, espera-se que o crescimento da produtividade contribua mais para o aumento da produção do que o crescimento dos rebanhos.

O aumento da produtividade pode estar relacionado a fatores como a otimização dos sistemas de produção de leite, melhoria na saúde animal, maior eficiência na alimentação e melhor genética.

Globalmente: Destaques da produção de leite

  • Espera-se que a Índia e o Paquistão contribuam com mais da metade do crescimento da produção mundial de leite e sejam responsáveis ​​por mais de 30% da produção mundial em 2029.
  • A produção na União Europeia deverá crescer mais lentamente do que a média mundial. Os rebanhos leiteiros devem diminuir (-0,6% a.a.), mas a produção de leite deve crescer a 1% a.a. na próxima década.
  • O maior rendimento médio por vaca é observado na América do Norte, uma vez que a parcela da produção a pasto é baixa e a alimentação se concentra em altos rendimentos de rebanhos leiteiros especializados. Os rebanhos leiteiros nos Estados Unidos e Canadá permanecerão inalterados e o crescimento da produção deverá se originar de novos aumentos de produtividade.
  • A Nova Zelândia tem visto um crescimento muito lento na produção de leite nos últimos anos. O crescimento da produção de leite lá será definido para exportação, que enfrenta maiores incertezas, por exemplo devido a medidas comerciais após a pandemia de Covid-19.
  • África é vista como estando no caminho que leva a um forte crescimento da produção, principalmente como resultado de rebanhos maiores. Durante o período de projeção, cerca de um terço da população mundial do rebanho deverá estar localizada na África, respondendo por cerca de 5% da produção mundial de leite.

 

Baixe o relatório completo aqui:

 

Fonte: Dairy Global

Tradução: Equipe Canal do Leite

Foto: Dreamstime

Disponível em: https://www.dairyglobal.net/Milking/Articles/2020/9/Outlook-Global-milk-production-on-a-speedy-path-645891E/

  • HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

  • Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

    Victor Breno Pedrosa

    Zootecnista, Prof. Dr. de Melhoramento Animal e Estatística

    Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

  • A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

    João Ricardo Alves Pereira

    Zootecnista, Doutor em Nutrição Animal e Pastagens

    A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

Proluv
Top