Marcelo de Paula Xavier


Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

canaldoleite@terra.com.br

PUBLICAÇÕES

JUBILEE: recordista mundial de produção de leite na raça Jersey

30 de setembro, 2020

Autor: Marcelo de Paula Xavier, M.Sc.*

 

Todos sabemos que é preciso mais do que genética para se obter grandes produções de leite. O manejo em geral – desde a criação das bezerras até a nutrição das vacas, passando pelo conforto animal – é uma peça muito importante deste quebra-cabeça. Mas, algumas famílias de vacas são impressionantes e precisam ser exaltadas, sempre!  

Mainstream Barkly JUBILEE é o expoente máximo de um desses clãs. Ao fechar sua segunda lactação, ela mostrou a força das grandes linhagens da raça Jersey, quebrando o recorde mundial de produção de leite que pertencia à sua mãe: Mainstream Berretta JOY. 

Em março de 2007, JUBILEE atingiu a marca de 49.250 libras leite, 2.251 libras de gordura e 1.645 libras de proteína, em um sistema de produção com 2 ordenhas diárias. Assim, ela fechou uma lactação de 365 dias produzindo 61,2 kg de leite por dia – em média – com 4,57% de gordura e 3,34% de proteína, após ter parido aos 3 anos e 6 meses de idade.

Mais que isso, na lactação seguinte, essa vaca fantástica bateu o recorde novamente. Parida pela terceira vez – aos 4 anos e 8 meses de idade – ela produziu 55.590 libras de leite, 2.550 libras de gordura e 1.706 libras de proteína, em 365 dias; ou seja, ela fechou sua terceira lactação com uma média de produção de leite de 69,1 kg por dia.

É leite a dar com o pau! De acordo com a Associação Americana do Jersey (ACJA), todos os recordes de produção existentes naquela ocasião para a raça foram superados pela performance impressionante de JUBILEE.

Ela é filha do touro Long Distance Barber Barkly e descende de uma das quatro vacas Jersey que foram adquiridas em 1993 pela fazenda Mainstream Holsteins – de propriedade de Randy e Jana Kortus, na cidade de Lynden, estado de Washington (EUA) – como parte de um projeto de desenvolvimento para sua filha Melissa.

Já em sua primeira lactação, JUBILEE havia alcançado o título de líder na categoria 'Vaca 1 Ano Parida', nos Estados Unidos. Tal como no recorde mundial de leite, naquela época sua produção superou a de sua mãe – JOY –  que havia estabelecido o recorde da categoria quatro anos antes.

JOY foi a vencedora do President´s Trophy em 2002 e 2003, liderou o Concurso Nacional Jovem de Produção de 2000 e se tornou a primeira Jersey na história da AJCA a atingir dois recordes consecutivos de mais de 40.000 libras de leite em uma lactação. Aliás, JUBILEE e JOY são a primeira dupla de mãe e filha a ter lactações superiores a 40.000 libras de leite.

Por sua vez, a matriarca da família – Lagerweys 285 SILKY – venceu o Concurso Nacional Jovem de Produção em 1999 e está classificada em 22º lugar na histórica Lista de Líderes de Classe para Rendimento de Queijo (Cheese Yield), com um histórico de produção de 4.642 libras de queijo. Classificada EX-90, aos 7 anos de idade, esta vaca foi a primeira Jersey na história da raça a completar seis lactações com mais de 30.000 libras de leite; atingindo uma produção vitalícia de 232.000 libras.

O que mais se pode esperar de uma família? Nada...Sem dúvida nenhuma, em termos de produção, essa linhagem fantástica de vacas lendárias ascendeu ao Olimpo da raça Jersey e vai permanecer lá por muito tempo! 

 

 ________________________________________________________________________________________________

*Marcelo de Paula Xavier, produtor rural, formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, com Mestrado em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi presidente da Associação de Criadores de Gado Jersey do Brasil por 2 mandatos consecutivos.

Proluv
Top