Banco do Brasil anuncia linha de crédito para retenção de matrizes

Banco do Brasil anuncia linha de crédito para retenção de matrizes

25 de março, 2020

Os produtores de leite já dispõem de uma nova linha de financiamento, além daquelas previstas no Plano Safra 2019/2020. É o chamado financiamento para retenção de matrizes bovinas de leite e corte, anunciado este mês pelo Banco do Brasil. A operação poderá ser feita com até 30 meses de carência e pagamento em parcela única, com juros de 7% a 10% ao ano, de acordo o prazo e o perfil do cliente. 

A nova linha de crédito foi lançada pelo Banco do Brasil a pedido da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando (Girolando).

“Essa linha atende as demandas dos pecuaristas, especialmente de leite, possibilitando que não se desfaçam de vacas e bezerras para suprir despesas de manutenção da atividade”, diz Marco Túlio Costa, ex-diretor de Agronegócios do BB, que se aposentou após o lançamento do novo instrumento de crédito do banco.

O Banco do Brasil não estabeleceu um montante específico para a nova linha nem limite de financiamento por produtor. O valor do empréstimo deverá ser calculado a partir da quantidade de vacas/bezerras que o pecuarista tiver e de qual número de animais entrará na operação. As garantias são as mesmas do crédito rural, podendo ser até as próprias matrizes, conforme o risco do cliente.

De acordo com o Geraldo Borges, presidente da ABRALEITE, a nova linha de crédito é importante para apoiar os produtores de leite. “A manutenção das bezerras, novilhas e matrizes é que garante a permanência do produtor na atividade leiteira”, assinala, acrescentando que essa operação já está disponível.

 

Fonte: Agro em Dia

  • HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

  • Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

    Victor Breno Pedrosa

    Zootecnista, Prof. Dr. de Melhoramento Animal e Estatística

    Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

  • A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

    João Ricardo Alves Pereira

    Zootecnista, Doutor em Nutrição Animal e Pastagens

    A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

Proluv
Top