Isenção de IPI para equipamentos usados na produção de leite é aprovada na Comissão de Agricultura

Isenção de IPI para equipamentos usados na produção de leite é aprovada na Comissão de Agricultura

28 de maio, 2019

Os insumos e equipamentos destinados à produção de leite e derivados poderão ser isentos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). É o que define o projeto de lei do senador Alvaro Dias (Pode-PR), aprovado pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) nesta quarta-feira (22).

De acordo com o PL 575/2019, caberá ao Ministério da Agricultura discriminar os produtos cobertos pela isenção de IPI, que poderão abranger máquinas, instrumentos, peças de reposição, acessórios e matérias-primas. O objetivo é estimular a modernização da pecuária leiteira diante do aumento da demanda por investimento e eficiência.

Alvaro Dias ressalvou que alguns equipamentos e insumos para a produção agropecuária já se beneficiam da incidência de um IPI baixo, mas, em seu entendimento, a isenção preservaria os pecuaristas do impacto de uma eventual elevação do imposto:

“Não resta dúvida de que o princípio da seletividade do IPI, em função da essencialidade do produto, é aplicável às máquinas, equipamentos e insumos destinados à produção leiteira, tendo em vista constituir-se o leite em produto básico para a população brasileira, sem distinção de classes sociais”, argumenta Alvaro no texto do projeto.

Em seu relatório favorável à proposição, o senador Lasier Martins (Pode-RS) acatou emenda da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) que estende o benefício para os pequenos laticínios. Segundo ela, os pequenos laticínios acabam enfrentando concorrência desigual de grandes multinacionais.

Na avaliação de Lasier, o projeto oferece “à pecuária leiteira condições econômicas para buscar a modernização do setor, com primazia à aplicação de tecnologias inovadoras e mais eficientes”.

O texto segue para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), cuja decisão é terminativa: se aprovado e não houver recurso para votação em Plenário, vai para a Câmara dos Deputados.

Fonte: Agência Senado

  • Novas regras para a produção de leite no Brasil

    Novas regras para a produção de leite no Brasil

    Ministério da Agricultua cria Comissão Técnica Consultiva do Leite, para analisar e propor medidas que vão melhorar a qualidade e a competitividade no setor lácteo brasileiro.

  • Estudo comprava que quem gosta de queijo vive mais!

    Estudo comprava que quem gosta de queijo vive mais!

    O segredo para uma vida longa e feliz? Mais queijo! Sim, estamos falando do famoso queijo DOP e, de fato, de todos os outros produtos lácteos, especialmente os mais envelhecidos. Segundo uma pesquisa publicada pela revista Bature Medicine, esses derivados do processamente de leite seria, o verdadeiro elixir da longevidade. Boas notícias, portanto, para os amantes da boa comida, que agora têm mais um motivo para serem felizes.

  • LEITE/CEPEA: Preço ao produtor registra alta de 2 centavos em maio

    LEITE/CEPEA: Preço ao produtor registra alta de 2 centavos em maio

    Cepea, 29/05/2019 – O preço do leite ao produtor registrou a quinta alta consecutiva em maio, chegando a R$ 1,5175/litro na “Média Brasil” líquida, aumento de 2 centavos (ou de 1,7%) frente a abril, segundo levantamento do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. A média de maio foi 15,6% superior à do mesmo mês de 2018, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IPCA de abril/19). Desde o início do ano, os preços do leite ao produtor já subiram 20,4%.

  • Desafios do produtor rural

    Maria Flavia Tavares

    Economista, Doutora em Agronegócios, Proprietária da MFT Consultoria

    Desafios do produtor rural

  • Ordenhadeira Canalizada Linha Baixa

    Jeferson Luiz Piccoli

    Especialista em Sistemas de Ordenha

    Ordenhadeira Canalizada Linha Baixa

  • Consequências econômicas do uso da IATF em fazendas leiteiras - Entrevista com o Dr. Oscar Alejandro Ojeda-Rojas

    Roney Ramos

    Médico Veterinário, Doutor em Reprodução Animal pela USP

    Consequências econômicas do uso da IATF em fazendas leiteiras - Entrevista com o Dr. Oscar Alejandro Ojeda-Rojas

Proluv
Top