Número de vacas de leite diminui ao redor do mundo

Número de vacas de leite diminui ao redor do mundo

16 de outubro, 2019

Segundo a prestigiosa revista Hoard's Dairyman, alguns dos principais países produtores de leite reduziram o número de vacas no ano passado.

Nos Estados Unidos – maior produtor mundial de leite bovino* – o número de vacas vem diminuindo constantemente desde janeiro de 2018, quando o rebanho leiteiro americano alcançou 9.435 milhões de cabeças. Em junho de 2019, esse número já havia caído para 9.329 milhões de cabeças. Não obstante, a produção de leite, em si, aumentou cerca de 1% durante o mesmo período.

Da mesma forma, os rebanhos europeus se contraíram em 2018 e os dados do Eurostat prevêem que a retração deve continar. Na Europa, houve uma diminuição de 400.000 cabeças, para uma estabilização em 22,9 milhões de vacas leiteiras. A Alemanha liderou esse declínio, mas os números franceses e britânicos também caíram. Além disso, a oferta de novilhas nos países europeus caiu meio milhão de animais, pefazendo um declínio de 2,4% em relação ao ano anterior.

Falando dos países da América do Sul, importantes produtores retraíram a produção durante o final de 2018 e 2019. Em setembro, a Argentina e o Uruguai tiveram uma produção 5,8% e 6,2%, respectivamente, menor do que no ano anterior.

Os produtores de leite australianos enfrentaram clima quente e seca, diminuindo - também - a sua produção em 5,7% em comparação com o ano anterior.

No geral, os principais países exportadores de laticínios estão enfrentando dificuldades este ano. Isso não significa necessariamente que os preços estão subindo, mas as disputas globais no setor podem indicar mais oportunidades para os produtores de leite de modo geral.

 

Fonte: Hoard's Dairyman

________________________________________________________________________________________________

*A Índia é o país com maior produção de leite no mundo, porém mais da metade de sua produção vem de búfalos e não de vacas. O país possui também os maiores rebanhos mundiais de bovinos e de bubalinos. Desde 1980, sua produção cresce consistentemente a uma média de 4,5% ao ano. Em 2016, a produção total atingiu 154 bilhões de toneladas, contra 96 bilhões produzidos nos Estados Unidos. A Índia superou os Estados Unidos como o maior produtor de laticínios em 1997, quando ambos os países produziram aproximadamente 70 bilhões de toneladas, cada um.

  • Como gerenciar o risco de preços das commodities agrícolas?

    Maria Flavia Tavares

    Economista, Doutora em Agronegócios, Proprietária da MFT Consultoria

    Como gerenciar o risco de preços das commodities agrícolas?

  • GENERATORS TOPSY: a primeira Jersey a atingir a perfeição

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    GENERATORS TOPSY: a primeira Jersey a atingir a perfeição

  • Como interpretar a PTA?

    Victor Breno Pedrosa

    Zootecnista, Prof. Dr. de Melhoramento Animal e Estatística

    Como interpretar a PTA?

Proluv
Top