Perdas em fazendas de leite nos EUA podem exceder U$ 2,85 bilhões devido ao COVID-19

Perdas em fazendas de leite nos EUA podem exceder U$ 2,85 bilhões devido ao COVID-19

28 de março, 2020

A Federação Nacional dos Produtores de Leite americanos (NMPF) estima que as perdas nas fazendas leiteiras dos EUA devido à pandemia do COVID-19 possam chegar a 2,8 bilhões de dólares e pode ser necessária uma ajuda adicional do governo federal.

"Nas últimas cinco semanas, a estimativa do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para os preços do leite em 2020 reflete uma queda de cerca de US$ 2,85 bilhões no nível das fazendas", escreveu Jim Mulhern, presidente e CEO da NMPF, ao secretário do USDA, Sonny Perdue.

“Quedas adicionais são possíveis à medida que o impacto do surto de COVID-19 se espalha. O choque de demanda experimentado por toda a nossa economia está transformando o que inicialmente parecia aos produtores de leite como o primeiro ano decente nos últimos cinco em um ano de devastação econômica potencialmente generalizada ”, diz Mulhern.

Nota: O analista da indústria de laticínios Matt Gould relata que as vendas de lácteos subiram na semana que terminou em 14 de março, com leite fluido subindo 32%, queijo subindo 45% e iogurte subindo 29%, em relação às vendas do ano anterior. Provavelmente, isto reflete a queda nas vendas de restaurantes, que estão parando em muitos estados americanos. Lembre-se também de que as vendas de leite nas escolas representam cerca de 9% do total de leite fluido durante o ano letivo e muitos estados também estão fechando as escolas.

Mulhern espera que os desafios nas vendas aumentem nos próximos meses, à medida que o desemprego sobe, as escolas permanecem fechadas e as fábricas de laticínios enfrentam desafios potenciais. Conseqüentemente, ele está pedindo ao USDA que:

1. Faça compras adicionais de laticínios para ajudar na alta da demanda nos bancos de alimentos.

2. Compense o descarte de leite nas fazendas, caso ocorram, devido ao surto.

3. Abra novamente a inscrição para o programa denominado “Dairy Margin Coverage Program (DMC)”. Ele observa que a participação no DMC em 2020 diminuiu em antecipação a preços mais altos.

No dia 9 de março, pouco mais de 13.000 produtores de leite, ou apenas 35% das fazendas licenciadas nos EUA, se inscreveram para a cobertura no DMC em 2020. No ano passado, mais de 23.000 produtores de leite se inscreveram para tal.

 

Fonte: Farm Journal's MILK

Disponível em: https://www.milkbusiness.com/article/covid-19-dairy-farm-losses-could-exceed-285-billion

Tradução: Equipe Canal do Leite

  • HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

    Marcelo de Paula Xavier

    Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    HIBRITE: a vaca Jersey que mais produziu leite no mundo

  • Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

    Victor Breno Pedrosa

    Zootecnista, Prof. Dr. de Melhoramento Animal e Estatística

    Os cuidados com a anotação de dados e os impactos na avaliação genética

  • A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

    João Ricardo Alves Pereira

    Zootecnista, Doutor em Nutrição Animal e Pastagens

    A importância do uso da “Ração Total Misturada” (TMR)

Proluv
Top