Marcelo de Paula Xavier


Produtor Rural, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

marcelo@fazendaipiranga.com.br

PUBLICAÇÕES

Duncan Belle: a vaca que mais influenciou a raça Jersey no mundo!

15 de setembro, 2019

Escrito por Marcelo de Paula Xavier*, M.Sc.

 

Em abril, eu escrevi uma coluna falando sobre o grande legado deixado pela Cedarcrest Farms para a raça Jersey em âmbito mundial. E, como não poderia deixar de ser, falei um pouco sobre a lendária Duncan Belle, vaca criada pela família Rankin nesta fazenda do estado do Alabama (EUA).

Este mês de setembro marca o aniversário de 32 anos de Duncan Belle. Então, quero aproveitar a ocasião para falar um pouco mais sobre esta lenda da raça Jersey.

Derrick Frigot (Ex-presidente do World Jersey Cattle Bureau e um dos maiores historiadores da raça) afirma que “o impacto de Duncan Belle no Jersey foi enorme, influenciando a raça de uma maneira muito positiva em todas as partes do mundo”. 

Por sua excelente conformação, sua grande capacidade produtiva e sua habilidade de transmitir essas características, nunca na história do Jersey, uma vaca dominou a criação global em tão pouco tempo.

Em 2011, fazendo uma pesquisa para uma palestra, compilei o seguinte dado: Na época, entre as 20 melhores vacas Jersey canadenses (por LPI), 18 eram descendentes diretas de Duncan Belle (filhas, netas e bisnetas). E, dos 20 melhores touros canadenses, 10 eram descendentes diretos dela. Impressionante!

Nascida em 22 de setembro de 1987 (na Cedarcrest Farms), ela foi vendida para o criador Lorne Ella, da Rock Ella Farm (de Ontário, no Canadá), em 1991. Neste mesmo ano, ela foi grande campeã do Central National Jersey Show e Reservada Grande Campeã da Royal Agricultural Winter Fair (principal exposição de gado de leite do Canadá).

Mas, sua notoriedade começou a ficar bem evidente mesmo a partir do ano seguinte (1992), quando foi Grande Campeã da Royal Winter Fair. Já, em 1993, Duncan Belle sagrou-se Bi Grande Campeã da Royal e Reservada Grande Campeã no All-American Jersey Show (o campeonato nacional nos EUA), com sua filha – Boomer Belle – sendo campeã 2 Anos Senior nesta mesma exposição. Feito este jamais igualado nas grandes exposições mundiais do Jersey.

Ela teve quatro proprietários, incluindo um brasileiro – Renato Duprat – o qual se associou ao criador canadense Steve Borland na Giprat Genetic Corporation, que tinha seus aniimais alojados na Rapid Bay Farm – de propriedade deste último. Roberto Vicente Lopes – veterinário que assessorava as compras internacionais de gado Jersey de Duprat – conta que comprou a vaca de Lorne Ella, por U$ 150.000,00 em 1995, e a enviou para a fazenda do Steve, no Quebec.

Duncan Belle foi classificada EX-92 nos EUA e, posteriormente, EX-3E no Canadá, a classificação mais alta possível na época. Entre 91 e 93, ela foi eleita All Canadian 3 vezes seguidas.

Aos 6 anos de idade, ela produziu 9.539 kg de leite, com 5,52% gordura e 4,22% de proteína, senda a líder de produção de proteína em sua categoria no Canadá. Cabe destacar que, hoje com 27 estrelas, ela foi a primeira vaca Jersey a atingir 20 estrelas (star-brood cow1). 

Segundo Frigot, foram mesmo os seus descendentes que a fizeram a vaca Jersey mais influente no mundo, a qual - só nos EUA - aparece no pedigree de mais de 100.000 animais registrados na AJCA (Associação Americana do Jersey). 

Com 100% de GP+2, das 33 filhas que teve, duas foram classificadas EX-94 e cinco EX-93. Entre estas últimas, destaca-se Boomer Belle, mãe do touro Lester Sambo, que foi muito utilizado em todo o mundo. Frigot ressalta, também, os filhos de Duncan Belle que tiveram grande sucesso e foram uma influência muito positiva para a raça, como: Duncan Chief, Remake, Paramount, Perimeter, Jade, Chairman, Connection e Ressurrection.

De seus inúmeros descendentes, sua influência se expandiu pelo mundo, construindo uma história de sucesso incomparável e deixando um legado enorme na raça Jersey. Desta forma, Duncan Belle foi eleita a vaca Jersey mais importante do século XX no "The Great Cow Contest" do Jersey Journal, no ano 2000, reforçando sua popularidade global.

Derrick Frigot, resume muito bem o que essa vaca fantástica representa: "Ocasionalmente, uma vaca nasce para ser ótima e se torna altamente influente no aprimoramento de uma raça. Na raça Jersey, nos últimos 30 anos, nenhuma outra vaca pode se igualar à influência da maior de todas ... Duncan Belle!"

 

Notas:

1 -  A Jersey Canada reconhece as qualidades das grandes vacas canadenses - que eles denominam de star-brood cows - concedendo "estrelas" de acordo com um cálculo feito pela produção de leite e pela conformação da progênie registrada das vacas agraciadas.

2 - O ínidce GP+ (Good Plus or Better) reflete o percentual de filhos de uma vaca com classificação mínima Boa+.

_________________________________________________________________________________________________

*Marcelo de Paula. Xavier, produtor rural, formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, com Mestrado em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi presidente da Associação dos Criadores de Gado Jersey do Brasil por dois mandatos.

Proluv
Top